Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Produção Nacional Faz Bem

Apoiar a produção nacional nas diversas areas possibilita melhorar o nosso nível de vida, basta cada um de nós fazer a sua parte

Produção Nacional Faz Bem

Apoiar a produção nacional nas diversas areas possibilita melhorar o nosso nível de vida, basta cada um de nós fazer a sua parte

25.Dez.12

Marcas Brancas: A sua Origem?

 
Vimos esclarecer o nosso artigo sobre marcas brancas de origem nacional pois este tem criado alguma controversia (que até achamos positiva) por não termos divulgado o fabricante desses produtos, no entanto por questões de confidencialidade não o podemos fazer, mas é fácil chegar lá, através do Gel de Banho do Pingo Doce (ver o pormenor: base da embalgem).
 

Quanto à questão levantada sobre a não divulgação da origem dos produtos de marca branca por parte dos grandes distribuidores, o que podemos dizer é que mesmo assim a divulgação de origem tem melhorado e muito nos últimos anos. O Jumbo aderiu ao Compro o que é nosso ("P") e tem aumentado o número de artigos com essa referência. O Continente também aderiu ao Compro o que é Nosso e tem ainda a indicação "Produto Nacional" e "Clube de Produtores". O Intermarche tem o Programa Origens e divulga o fabricante junto ao código de barras. O Minipreço também divulga o fabricante na maioria dos artigos. O Lidl tem indicado na sua revista semanal Dica da Semana os artigos de origem nacional. O Pingo Doce não divulga pois o Presidente do grupo Jeronimo Martins em várias entrevistas já deu a conhecer que não é intenção do seu grupo de distribuição identificar a origem dos produtos. No entanto quanto a nós é apenas uma questão de tempo, pois os consumidores estão a exigir isso mesmo e deviam exigir ter mais produtos nacionais nas prateleiras dos hipers e supermercados principalmente os de origem portuguesa.

 

Nós temos enviado diversas mensagens ao Provedor da JM a pedir isso mesmo e o feedback tem sido positivo, apesar das mudanças estarem a ser lentas começamos a ver mais alguns produtos de origem nacional, estando bem longe do que seria desejável. Mas podemos dar um exemplo o Leite da Marca Pingo Doce era quase todo importado e actualmente é praticamente todo nacional, aliás no último mês só temos visto origem: PT.

 

Ainda existe muito a fazer vamos a exemplo concretos os supermercados Pingo Doce (falo dos de dimensão mais pequena) as bolachas de origem nacional são em nº reduzido, podiam muito bem ter mais quantidade de marcas portuguesas como a Vieira de Castro e Dan Cake, para não falar de outras. Os chocolates Regina nestes supers só consigo encontrar duas referências e é quando estão disponiveis. Portugal é um dos maiores produtores de conservas a nível mundial, porque é que o atum da marca Pingo Doce é Espanhol? No Continente os cereais de pequeno almoço são quase todos estrangeiros podiam ter mais referências nacionais (apesar de na última visita termos verificado mais uma referência de marca branca Continente portuguesa).

 

Os iogurtes do Continente são todos fabricados fora de Portugal, não poderiam ter iogurtes fabricados em Portugal? Em 2010 a importação de iogurtes atingiu os 146 milhões de euros. Se o país tem condições para produzir cá para quê importar esta quantidade enorme? Podiamos enumerar muitos mais casos...

O caminho é longo mas todos juntos podemos fazer com que as marcas e produtos nacionais consigam quebrar barreiras e consigam estar presentes nas prateleiras dos nossos hipers/supermercados.

Desejo de um Bom Natal!!!

David S, ProduçãoNacionalFazBem

23.Dez.12

Branca de Neve, o Segredo da Farinha

Branca de Neve é sinónimo de sabor e qualidade. No mercado há mais de 55 anos, a farinha Branca de Neve faz parte das vidas dos portugueses. A preocupação constante com a qualidade das matérias primas e dos métodos de produção e o desenvolvimento de novos produtos de carácter pioneiro têm constituído um dos vectores importantes da marca. A Branca de Neve apresenta um conjunto de farinhas que garantem o sabor da tradição das suas receitas.

 

A Fábrica em Alcains emprega mais de 50 trabalhadores. A melhor época de vendas é o Natal.

 

Farinhas para Pão

 

 

Bolos Preparados Branca de Neve

 

www.lusitana.pt