Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Produção Nacional Faz Bem

Apoiar a produção nacional nas diversas areas possibilita melhorar o nosso nível de vida, basta cada um de nós fazer a sua parte

Produção Nacional Faz Bem

Apoiar a produção nacional nas diversas areas possibilita melhorar o nosso nível de vida, basta cada um de nós fazer a sua parte

22.Ago.17

Herdade Vale da Rosa produz 6000 mil toneladas de uva de mesa

A Herdade Vale da Rosa é o maior produtor de uva de mesa em Portugal está situada na zona Sul de Portugal, numa região extraordinária para a produção de fruta, em pleno coração do Baixo Alentejo, a cerca de 3 Km de Ferreira do Alentejo e a 20 Km de Beja. Actualmente é uma das mais modernas empresas agrícolas de Portugal. 

 

Vale da Rosa é uma empresa que se dedica à produção de uvas de mesa de alta qualidade, destinadas ao abastecimento do mercado interno, em todas as suas vertentes, e ao mercado de exportação, uma área que se tem vindo a revelar muito promissor, valendo cerca de 35% do total da produção, sendo a Europa, Angola e a China os principais mercados. Recentemente as uvas de mesa Vale da Rosa chegaram ao Brasil, o maior mercado da América do Sul.

 

Produz uvas de mesa com vinhas totalmente cobertas, no sistema Pérgola, em cerca de 250 hectares das melhores terras alentejanas, onde se produzem cerca de 6.000 toneladas. Nos últimos anos a grande aposta passou a ser a Crimson e a Sugraone, duas variedades de uvas sem grainhas.

 

Trabalham na empresa cerca de 600 vindimadores colhem os cachos de uvas que segundo o administrador da Herdade Vale da Rosa, António Silvestre Ferreira, "apresentam uma qualidade excepcional, permitindo que as operações feitas até ao momento tenham superado as expectativas".

 

O crescimento da empresa tem sido notável, tem sido um investimento contínuo, o que se comprova pelo facto da área ser actualmente 250 hecatres, enquanto que há 10 anos era de cerca de 100 hectares. A par da produção, Vale da Rosa tem investido também em infraestruturas de frio para permitir responder ao crescente aumento das exportações.

No actual contexto do programa Portugal 2020, vão ser investidos 2,7 milhões de euros, prevendo-se a plantação de 18 novos hectares e a reconversão de 6,5 hectares de vinha mais antiga. As novas plantações vão ser apenas para produção de uvas sem grainha.