Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Produção Nacional Faz Bem

Apoiar a produção nacional nas diversas areas possibilita melhorar o nosso nível de vida, basta cada um de nós fazer a sua parte

Produção Nacional Faz Bem

Apoiar a produção nacional nas diversas areas possibilita melhorar o nosso nível de vida, basta cada um de nós fazer a sua parte

25.Dez.12

Marcas Brancas: A sua Origem?

novidades
Vimos esclarecer o nosso artigo sobre marcas brancas de origem nacional pois este tem criado alguma controversia (que até achamos positiva) por não termos divulgado o fabricante desses produtos, no entanto por questões de confidencialidade não o podemos fazer, mas é fácil chegar lá, através do Gel de Banho do Pingo Doce (ver o pormenor: base da embalgem).   Quanto à questão levantada sobre a não divulgação da origem dos produtos de marca branca por parte dos grandes (...)
23.Dez.12

Branca de Neve, o Segredo da Farinha

novidades
Branca de Neve é sinónimo de sabor e qualidade. No mercado há mais de 55 anos, a farinha Branca de Neve faz parte das vidas dos portugueses. A preocupação constante com a qualidade das matérias primas e dos métodos de produção e o desenvolvimento de novos produtos de carácter pioneiro têm constituído um dos vectores importantes da marca. A Branca de Neve apresenta um conjunto de farinhas que garantem o sabor da tradição das suas receitas. A Fábrica em Alcains emprega mais de
25.Jul.12

Nutrégi lança Gelatinas.

novidades
 As gelatinas Nutrégi foram lançadas com sumo de fruta nas variedades de Morango e Ananás e estão disponíveis nas cadeias Auchan e El Corte Inglés e nas lojas do comércio tradicional.   A Indústrias Alimentares Gelgurte, empresa nacional que actua há 38 anos no sector da indústria alimentar, lançou uma nova marca de iogurtes, a Nutrégi.   Subordinada ao mote "Bom Por Natureza". A marca Nutrégi, cujo nome faz alusão aos termos 'nutrição' e 'bem-estar', visa convencer (...)
24.Jul.12

Vieira de Castro 3ª Fábrica permite lançar várias novidades.

novidades
António Vieira de Castro foi o fundador da marca Vieira de Castro em 1943. O negócio começou com uma pequena confeitaria de Famalicão, que se tornou pequena demais quando a concorrência começou a crescer. Foi nesse momento que o responsável decidiu começar uma nova etapa na sua vida: a actividade industrial.  Hoje estão já presentes em cerca de 45 países e em Portugal têm uma distribuição nacional. Logo depois do mercado português é o angolano que mais consome os produtos (...)